Estado de Goiás
Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade

 

 

Histórico do Curso

A iniciativa de criação do curso de Mestrado Acadêmico em Língua, Literatura e Interculturalidade – POSLLI – surgiu, em agosto de 2014, durante o evento científico do GELCO (Grupo de Estudos da Linguagem do Centro-Oeste), realizado na cidade de Goiás (GO). Parte de seus organizadores propôs reunir-se para elaborar a Apresentação de Propostas de Cursos Novos (APCN) de um Mestrado Acadêmico na área de Letras e Linguística na Universidade Estadual de Goiás, de maneira que viabilizasse a interiorização da pós-graduação Stricto Sensu, permitindo com isso o desenvolvimento da pesquisa e do ensino nas regiões periféricas do estado.

            A partir de então, formou-se um grupo de 21 docentes das áreas de Linguística e Literatura, sendo 17 docentes do quadro permanente da UEG, que vinham pesquisando isoladamente sobre os temas relativos a estudos de língua e a estudos literários e suas interfaces com a interculturalidade, e 04 docentes externos – colaboradores, cujas pesquisas se alinham a essa proposta. Nesse aspecto, o Programa viabiliza, a esses pesquisadores, a possibilidade de intercâmbios de informações e o aumento da produção intelectual do grupo, ampliando assim o espaço de discussão e implementação de melhorias acadêmico-científicas na Região Centro-Oeste, especialmente, em Goiás.

            Nessa direção, algumas políticas adotadas pela UEG, nos últimos tempos, foram decisivas também para o fortalecimento desse mestrado, como a formação continuada de seu corpo docente; o desenvolvimento de projetos de pesquisas institucionais e interinstitucionais; a constituição de grupos de pesquisa validados pelo CNPq; o programa pró-eventos que financia a participação de professores e alunos em eventos nacionais e internacionais; a realização de eventos em parceiras com outras IES e com o apoio de agências de fomento (são exemplos: I Encontro Internacional e VII Nacional do Grupo de Estudos de Linguagem do Centro-Oeste em parceria com UFG, UFMT, IFMT, UFMS e UnB, com financiamento da FAPEG; II Encontro Nacional do GT Teoria do Texto Poético/ANPOLL: Cartografias da Poesia Moderna e Contemporânea, em parceria com UFG e UNESP com financiamento da CAPES e da FA-PEG; Rodas de Conversas, em parceira com a UNIMONTES com incentivo da bolsa de fomento do Ministério da Cultura e da Fundação Biblioteca Nacional), aos incentivos à produção intelectual e a editoração de periódicos científicos qualificados.

            Outra política estabelecida pela IES tem sido a criação e o constante oferecimento de pós-graduações Lato Sensu nos seus diversos campi avançados. Notadamente, no ano de 2016, estavam sendo oferecidos 10 (dez) cursos correlatos a proposta do Mestrado, a saber: Linguagens e Educação Escolar; Literatura e Mídias Contemporâneas; Linguagem, Cultura e Ensino; Literatura Infantil e Juvenil: práticas de leitura e ensino; Educação e Linguagens; Educação, Formação Docente e Linguagem; Letramento, Produção de Sentidos e Escrita; Cultura, Identidade e Região; Formação Docente Interdisciplinar: diversidades goianas; e Estudos Literários. As experiências dos membros da proposta de Mestrado na formulação desses cursos de Especialização, bem como a oferta de disciplinas e orientação em campi diferentes da sua lotação, resultaram em interação, fortalecimento e integração desse grupo, sendo também significativas para a aprovação deste mestrado junto à CAPES.

            Com o apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PrP, este Mestrado espera contribuir para a formação docente e de pesquisadores nas áreas de Língua, Literatura e Interculturalidade, pois confirma o necessário compromisso da UEG no que se refere à formação em Scricto Sensu de egressos da graduação e da Especialização, bem como de outros interessados, tais como docentes da educação básica e do ensino superior.